Distopia Fantasia Ficção

O ceifador, de Neal Shusterman, relata vida em sociedade perfeita

[Resenha] O Ceifador

Uma distopia sensacional! O Ceifador, de Neal Shusterman, foi o melhor livro do gênero que eu li esse ano.

Pense em uma época em que a humanidade venceu todos os seus inimigos. Desigualdade social, fome e doenças não afetam mais a população e mesmo a velhice não consegue mais acabar com a vida humana. O mundo é perfeito e todos vivem em harmonia sob o cuidado da Nimbo-Cúmulo, uma inteligência artifical perfeita que controla todo o mundo da maneira mais amável possível. A corrupção dos humanos não tem mais vez e ninguém consegue escapar dos seus cuidados, todos respondem à ela.

Peraí, quase todos estão sob o seu controle…

A Era da Mortalidade acabou, agora as pessoas são imortais e o crescimento populacional precisa ser controlado de alguma forma. Assim, foi necessário se criar a Ceifa, uma organização que seleciona aqueles que devem receber a morte definitiva.

Os ceifadores  são celebridades que refletem admiração e medo em todos. Com o passar do tempo muitos deles pararam de realizar seu trabalho da forma honrável que deveria ser e passaram a apreciar a ‘coleta’. Eles são os únicos que não estão sob a jurisdição da grande nuvem, e podem fazer o que bem entenderem sem precisar pagar pelas consequências. É fato que toda organização gerida por humanos está sujeita à corrupção, com a ceifa não seria diferente. Será que os ceifadores modernistas irão conseguir uma forma das vontades humanas mais obscuras voltarem a aparecer?

Rowan e Citra são estudantes de ensino médio e levavam uma vida comum até conhecerem o Honorável Ceifador Faraday. Por algum motivo os selecionou como aprendizes, mas o caminho até ganhar o anel de ceifador vai ser logo para os dois. Além de aprender as mais variadas formas de tirar uma vida, eles precisarão entender o jogo de poderes dentro da Ceifa e que nem sempre os bons são os que tem um final feliz.

Sério, gente! Esse livro superou todas as minhas expectativas. Não da vontade de parar de ler! Você fica com aquela sensação de “só mais um capitulo” que não acaba até o fim do livro! Como é uma trilogia estou louca para ver como a história vai continuar.

SPOILER ALERT

Read More

Drama Fantasia Livros Opinião Romance

A Rebelde do Deserto mistura fantasia e crítica social em aventura épica

Capa do livro a rebelde do deserto

[Resenha] A Rebelde do Deserto

O que eu achei

Faz algum tempo que eu queria ler A Rebelde do Deserto, da Alwyn Hamilton, e estava sempre na minha lista. Infelizmente sempre aparecia alguma coisa mais interessante para ler e eu deixava esse livro de lado.

A história se passa no deserto de Miraji, que é o lar de seres místicos e humanos. Apesar de dividirem o mesmo habitat as coisas não vão muito bem entre as duas raças. Os humanos tendem a destruir o meio ambiente, que é a fonte de vida dos seres imortais… Mas este problema não impede que eles se relacionem e gerem filhos híbridos, personagens de destaque nessa trama.

Amani é uma das “filhas do deserto”, que depois da morte da mãe precisou morar com o tio carrasco. Agora ela está em uma encruzilhada: ser a próxima esposa do tio e ter uma vida medíocre ou tentar escapar e deixar tudo para trás. Não é muito difícil saber qual a escolha dela, né?!

Ser a melhor atiradora da região a ajudaria a conseguir mais respeito ou prestígio, mas isso não acontece por um único motivo: ela é mulher! Disfarçada de homem, Amani entra em uma competição de tiros e logo ganha o respeito de um forasteiro que pode ajudar muito com seus planos. Depois de muita confusão, ela e o forasteiro Jin acabam por se tornar os mais procurados pelo sultão.

O que eu achei mais legal em a rebelde do deserto

Foi a crítica social. A autora conseguiu criar um cenário muito parecido com a Arábia em costumes e tradições. Na história conseguimos perceber 3 pontos bem fortes: desigualdade econômica, uma cultura que diminui o valor da mulher e a guerra religiosa. Isso te lembra alguma coisa?

Nessa aventura a heroína passa a conhecer mais sobre si mesma e a sua história e, quando entra para a rebelião, percebe que o mundo pode oferecer a ela mais do que um casamento forçado ou um lugar abaixo dos homens.

Se vale a leitura? Vale… O livro me lembrou muito Jogos Vorazes, não sei se é porque a Amani lembra um pouco a Katniss ou se é o livro em si, mas achei bem parecido…  A história não me surpreendeu muito, mas a leitura foi leve e rápida. Não só recomendo como vou ler o segundo, com certeza.

Snopse do skoob

O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.
Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele.
Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade.
Ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola. Nem que um forasteiro misterioso seria responsável por lhe revelar o deserto.

Livros Opinião

Lançamentos mais esperados de 2017

Sabe quando você vai lendo e percebe que o livro ainda não tem continuação? Ou quando você tem um autor favorito e ele não lança livros novos faz algum tempo? Ou até mesmo quando você está fuçando o instagram de outras pessoas apaixonadas por livros e percebe que em outros países tem livros que ainda não foram lançados aqui? Então, eu resolvi fazer uma lista dos principais livros que eu estou muuuitoo ansiosa para que cheguem logo ao Brasil.

Confira a lista e veja se esses são os seus “mais esperados” também.

A Court of Wings and Ruin, Sarah J. Maas

Sinopse: Feyre voltou a Corte Primaveril, determinada a reunir informações sobre as manobras de Tamlin e do rei que ameaça colocar Prythian de joelhos. Mas, para isso ela deve desempenhar um jogo mortal, e um engano e um deslize pode significar a ruína não só para Feyre, mas para o mundo dela também. Com a guerra que recai sobre todos eles, Feyre deve decidir em quem confiar entre os deslumbrantes e letais Grão-Senhores e buscar aliados em lugares inesperados. Neste terceiro livro emocionante da série de Sarah J. Maas, a terra será pintada de vermelho, com poderosos exércitos que lutam pelo poder sobre a única coisa que poderia destruir todos eles.

Não estou me contendo de vontade de ler esse livro… Será que a saga da Feyre acaba nesse volume? O que podemos esperar do romance Rhysand? Aimeudeus preciso muito desse livro!

Lord of Shadows (Artifícios das Trevas 2), Cassandra Clare

Sinopse:  Emma Carstairs finalmente vingou seus pais. Ela pensou que ela estaria em paz. Mas ela é tudo menos calmo. Dividida entre a paixão pelo parabatai Julian e seu desejo de protegê-lo das consequências brutais de relações entre parabatais, ela começou a namorar seu irmão, Mark. Mas Mark passou os últimos cinco anos preso no Reino Encantado; ele pode sempre verdadeiramente ser um Shadowhunter de novo? E os tribunais do país das fadas não são silenciosos. O Rei Unseelie está cansado da paz fria, e deixará de ceder às exigências dos Shadowhunters. Preso entre as demandas de fadas e as leis da Clave, Emma, Julian, e Mark deve encontrar uma maneira de se unir para defender tudo que eles são caros, antes que seja tarde.

Mais Shadowhunters!!! Uhuull!! Os livros da Clare são sempre sensacionais, então só posso esperar coisas boas da continuação de Artifícios das Trevas.

A Melodia Feroz, Victoria Schwab

Sinopse: Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.

Esse livro tem me chamado atenção faz um tempo… Vários perfis têm feito uma boa propaganda dele fora do Brasil e fiquei com muita vontade de ver se é tudo isso mesmo.

A Zona Morta, Stephen King

Sinopse: Depois de quatro anos e meio, John Smith acorda de um coma causado por um acidente de carro. Junto com a consciência, o que John traz do limbo onde esteve são poderes inexplicáveis. O passado, o presente, o futuro – nada está fora de alcance. O resto do mundo parece considerar seus poderes um dom, mas John está cada vez mais convencido de que é uma maldição. Basta um toque, e ele vê mais sobre as pessoas do que jamais desejou. Ele não pediu por isso e, no entanto, não pode se livrar das visões. Então o que fazer quando, ao apertar a mão de um político em início de carreira, John prevê o que parece ser o fim do mundo?

Será que podemos esperar coisas pequenas do gênio do terror? Óbvio que não! Acho que zona morta vai superar todos os outros.

 

Caraval, Stephanie Garber 

Sinopse: Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval , e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele. Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível. O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Esse é outro livro que está sendo muito bem apresentado por leitores de países em que já foi lançado. Fiquei com vontade de ler desde a primeira vez que vi a capa!

Carbono Alterado, Richard Morgan

Sinopse: No século XXV, a consciência de uma pessoa pode ser armazenada em um cartucho na base do cérebro e baixada para um novo corpo quando o atual para de funcionar. A morte, agora, nada mais é que um contratempo inconveniente, uma falha no programa. Takeshi Kovacs, um ex-militar de elite, após sua última morte, tem sua consciência transportada a Bay City, a antiga São Francisco, e é trazido de volta à vida para solucionar o assassinato de um magnata. Isso só para descobrir que seu contratante é a própria vítima, que voltou à vida em um novo corpo, mas sem as memórias do crime. Mal sabe Kovacs, porém, que essa investigação irá lançá-lo no centro de uma conspiração perversa até para os padrões de uma sociedade que trata a existência humana como um produto a ser comercializado.

Esse livro está em adaptação para série do Netflix, e sei que quando isso acontece o livro é bom! Sendo assim, pretendo ler antes que chegue às telas.

Origin, Dan Brown

Sinopse: Em consonância com o seu estilo de marca, Dan Brown, autor do Código Da Vinci e Inferno, entrelaça códigos, ciência, religião, história, arte e arquitetura neste novo romance. A origem empurra o simbologista de Harvard, Robert Langdon, para a interseção perigosa das duas perguntas mais duradouras da humanidade e a descoberta que irá responder a elas.

Um novo livro com o Prof. Langdon?! Eu ainda estou me recuperando de Inferno (que considero o melhor de todos os livros da saga) e espero que Origens seja tão bom quanto.

Alguns desses livros estão com previsão de lançamento para maio e junho, outros só para setembro… E nós ficamos esperando ansiosamente.

Essa é a minha lista de desejo de leituras para os próximos meses. Eu esqueci de algum? Deixa um comentário com o nome do livro e o autor para que outras pessoas possam ter a oportunidade de procurar esse livro.

 

Fantasia Ficção Jovem Adulto

Já Conhece a Saga Trono de Vidro? Saiba mais sobre os livros da Sarah J. Maas

Snopse do skoob

Antes de serem traídos pelo atual rei, os Galathynius reinaram em Terrasen por séculos. E agora Aelin deseja recuperar a coroa e voltar a seu trono de direito… Mas o caminho até lá é longo e sinuoso. Amigos serão perdidos, lealdades serão quebradas e alianças inesperadas surgirão. Com a vida e poder jurados ao povo que está determinada a salvar, a antiga assassina, conhecida como Celaena Sardothien, colocará a própria segurança em risco para proteger os seus. Mas a única salvação está numa relíquia enterrada nas ruínas de um velho pântano.

O que eu achei

Gente, essas histórias nunca têm fim! E graças a deus que não tem! Meudeus, como eu AMO todos os personagens dessa saga!

Antes de tudo, se você não leu os primeiros livros, não leia esse post… Sério, não quero estragar sua experiência literária e é impossível fazer um post sobre Império de Tempestades sem spoilers… Então, estou avisando, vou destruir suas esperanças se você continuar lendo esse post!

Read More

Drama Romance

Tudo e Todas as Coisas, Saiba mais sobre o livro de Nicola Yoon que deu origem ao filme!

Snopse do skoob

“Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.”

O que eu achei

Surpresa, esse livro foi uma linda surpresa! Sério! Achei que seria outro A Culpa é das Estrelas, mas não foi…

A primeira vez que eu tive contato com essa história foi quando vi trailer do filme que vai ser lançado essa semana, achei fofinho. Algum tempo depois descobri que era um livro e fui ler…

Madeline, ou melhor Mady, é alérgica ao mundo e qualquer coisa pode desencadear uma reação que talvez faça com que ela morra. Essa condição fez com que ela passasse a vida toda trancada na sua casa hermeticamente controlada e isolada do mundo exterior. Sua vida ia muito bem, e mesmo sem poder sair de casa ela nunca sentiu falta do mundo que ela conhece só pelos livros. Ela sempre teve a sua mãe a sua enfermeira para lhe fazer companhia.

Mas, as coisas não podem ficar perfeitas, e sem graça, para sempre… Tudo na vida de Mady começa a mudar quando uma nova família se muda para a casa do lado. O novo vizinho, Olly, faz com a vida perfeita que Mady levada não seja mais suficiente, e apenas sobreviver não a faz feliz, ela quer viver tudo que a vida pode lhe oferecer.

Como vocês podem imaginar, o romance entre uma menina doente e um cara perfeito, não pode acabar bem, certo? É ai que você se engana. Na corrida para ter uma vida que pode fazer com que ela morra e começa a descobrir coisas que nem imaginava sobre a história da sua família e sobre ela mesma. Será que podemos ter alguma esperança para esse casal?

A leitura é fácil e simples. O livro é super fofinho, com imagens dos e-mails, guias, páginas, bilhetes e tudo mais. A leitura é leve, mesmo fazendo com que algumas lágrimas teimosas insistam em querer sair e fiquemos com alguns nós na garganta. Acho que vale a pena a leitura antes de ir assistir o filme no cinema.

Eu defendo que os meus posts tenham minhas impressões sobre os livros, e para isso preciso de spoilers, mas hoje não teremos… Se eu soltar algum vocês vão querer me matar e vai acabar com toda a mágica desse livro.

Quem já leu o livro concorda comigo?

 

Page 3 of 15
1 2 3 4 5 15