Livros

Confira 7 benefícios inesperados em sermos bookworms

Sete fatos científicos que podem provar que somos os melhores seres humanos!

Sendo bookworms, nós não conseguimos deixar de ser um pouco tendenciosos sobre sermos as melhores pessoas… Mas aqui estão sete fatos científicos que podem provar que realmente temos razão! Da próxima vez que alguém te questionar por ler muito, mostre esses fatos científicos e prove que está absolutamente certo!

Booksworms vivem mais

De acordo com esse artigo publicado pelo Social Science & Medicine Journal, livros prolongam a vida dos leitores. Examinando 3600 leitores com mais de 50 anos, Yale descobriu que aqueles que liam com freqüência viveram 23 meses mais. Isso considerando que eles só liam 30 minutos por dia.

Ler pode expandir seu vocabulário

Um estudo do The Journal of Direct instruction mostrou que crianças que lêem fora do ambiente escolar mostram sinais de melhora no vocabulário.  Além disso, crianças que começam a ler cedo têm uma melhor habilidade cognitiva e são capazes de aprender mais palavras.

Ler ficção pode te deixar mais empática

Este estudo de 2013 descobriu que bookworms que lêem ficção, são emocionalmente transportado para a história, e isso os ajuda a ser mais sensível aos sentimentos dos outros. Esses leitores se envolvem mais com esse gênero porque eles não precisam necessariamente acreditar nos fatos que estão lendo. Assim a atividade do cérebro aumenta e o impacto “pós-livro” é maior.

Ler pode ajudar a diminuir o estresse

A Mindlab International at the University of Sussex descobriu que ler ajuda a diminuir o estresse em até 68% (mas isso a gente já sabia sem precisar de pesquisas, né?!). No estudo, era solicitado que as pessoas lessem em silencio por seis minutos. Dessa forma descobriram que a atividade diminuía os batimentos cárdicos e relaxava os músculos. O fato de ler nos leva a “estado alterado de consciência”, fazendo com que esqueçam a ansiedade por algum tempo. Ah, por conseqüência, ler pode te ajudar a dormir melhor.

Ler exercita o cérebro, levando a menores taxas de declínio cognitivo

Um estudo neurológico mostra que exercitar o seu cérebro lendo pode diminuir a taxa de declínio cognitivo em adultos mais velhos. Pesquisadores acompanharam 294 pessoas com mais de 55 anos. Eles descobriram que aqueles que liam e escreviam mostraram uma taxa de declínio 15% menos que os outros. Então, manter a mente ocupada ajuda a diminuir doenças como demência.

Meninos que crescem com livros têm mais sucesso financeiro quando adultos

Economistas da University of Padova examinaram 5.820 meninos e descobriram que aqueles que liam mais de 10 livros em casa recebem 21% mais do que os que não liam fora do ambiente escolar. Por terem crescido em meio aos livros, eles foram expostos a mais informações sobre o mundo. Conclusão: isso afetou sua “curiosidade e ambição”, levando-os a serem profissionais de sucesso.

Ser um amante de livros pode melhorar a sua vida amorosa

De acordo com um relatório do eHarmony UK, pessoas que colocam em seus perfis de relacionamentos que lêem tem um aumento de comunicação: homens recebem 19% mais mensagens, e mulheres recebem 3% mais. Por exemplo, livros como “Os homens que não amavam as mulheres”, recebem mais mensagens de potencial matches. De acordo com o eHarmony, bookworms também são mais “intelectualmente curiosos” e, portanto, mais propensos a começar a conversar com outros leitores.

Livros

Confira os lançamentos literários

Últimos lançamentos de Julho e Junho

Hoje eu estava procurando pelos livros mais fresquinhos das editoras, e achei alguns lançamentos que com certeza irão entrar na minha lista de próximas leituras.

Abaixo você confere os livros que foram lançados em junho e julho que já estão na minha lista de leitura e que parece que vão agradar.

Até Que a Culpa Nos Separe, Liane Moriarty

Amigas de infância, Erika e Clementine não poderiam ser mais diferentes. Erika é obsessivo-compulsiva. Ela e o marido são contadores e não têm filhos. Já a completamente desorganizada Clementine é violoncelista, casada e mãe de duas adoráveis meninas.

Certo dia, as duas famílias são convidadas para um churrasco de domingo na casa dos vizinhos de Erika, que são ricos e extravagantes. Durante o que deveria ser uma tarde comum, um acontecimento assustador vai afetar profundamente a vida de todos, forçando-os a examinar de perto suas escolhas.

Liane Moriarty mostra como a culpa é capaz de expor as fragilidades que existem mesmo nos relacionamentos estáveis. Como as palavras podem ser mais poderosas que as ações e como dificilmente percebemos, antes que seja tarde demais, que nossa vida comum era, na realidade, extraordinária.

 

Mestre das Chamas, Joe Hill

Ninguém sabe exatamente como nem onde começou. Uma pandemia global de combustão espontânea está se espalhando como rastilho de pólvora, e nenhuma pessoa está a salvo. Todos os infectados apresentam marcas pretas e douradas na pele e a qualquer momento podem irromper em chamas.

Nos Estados Unidos, uma cidade após outra cai em desgraça. O país está praticamente em ruínas. As autoridades parecem tão atônitas e confusas quanto a população e nada é capaz de controlar o surto.
O caos leva ao surgimento dos impiedosos esquadrões de cremação, patrulhas que saem para exterminar qualquer um que acreditem ser portador do vírus.

Em meio a esse filme de terror, a enfermeira Harper Grayson é abandonada quando começa a apresentar os sintomas da doença e precisa fazer de tudo para proteger a si mesma e ao filho que espera.

Agora, a única pessoa que poderá salvá-la é o Bombeiro – um misterioso estranho capaz de controlar as chamas e que caminha pelas ruas de New Hampshire como um anjo da vingança.

Do aclamado autor de A estrada da noite, este livro é um retrato indelével de um mundo em colapso. Uma análise sobre o efeito imprevisível do medo e as escolhas desesperadas que somos capazes de fazer para sobreviver.

Piano Vermelho, Josh Malerman

Ex-ícones da cena musical de Detroit, os Danes estão mergulhados no ostracismo. Sem emplacar nenhum novo hit, eles trabalham trancados em estúdio produzindo outras bandas. A rotina interrompida pela visita de um funcionário misterioso do governo dos Estados Unidos. Um convite misterioso: uma viagem a um deserto na África para investigar a origem de um som desconhecido que carrega em suas ondas um enorme poder de destruição.

Liderados pelo pianista Philip Tonka, os Danes começam uma jornada pelas entranhas mortais do deserto. A viagem, assustadora e cheia de enigmas, leva Tonka para o centro de uma intrincada conspiração.

Seis meses depois, a enfermeira Ellen cuida de um paciente que se recupera de um acidente quase fatal. Sobreviver depois de tantas lesões parecia impossível, mas o homem resistiu. As circunstâncias do ocorrido ainda não foram esclarecidas e organismo dele está se curando em uma velocidade inexplicável. O paciente é Philip Tonka, e os meses que o separam do deserto e tudo o que lá aconteceu de nada serviram para dissipar seu medo e sua agonia. Onde foram parar seus companheiros? O que é verdade e o que é mentira? Ele precisa escapar para descobrir.

Com uma narrativa tensa e surpreendente, o autor combina o comum e o inusitado numa escalada de acontecimentos que se desdobra nas mais improváveis direções. Isso, sem jamais deixar de proporcionar aquilo pelo qual o leitor mais espera: o medo.

O Sorriso da Hiena, Gustavo Ávila (lançamento nacional!)

É possível justificar o mal quando há a intenção de fazer o bem?

Atormentado por achar que não faz o suficiente para tornar o mundo um lugar melhor, William, um respeitado psicólogo infantil, tem a chance de realizar um estudo que pode ajudar a entender o desenvolvimento da maldade humana.

Porém a proposta, feita pelo misterioso David, coloca o psicólogo diante de um complexo dilema moral. Para saber se é um homem cruel por ter testemunhado o brutal assassinato de seus pais quando criança, David planeja repetir com outras famílias o mesmo. Assim, dando a William a chance de acompanhar o crescimento delas e descobrir a influência desse trauma no crescimento delas.

Mas até onde William será capaz de ir para atingir seus objetivos?

Neste livro, Gustavo Ávila cria uma trama complexa de suspense e jogos psicológicos. Uma história que vai manter o leitor fisgado até a última página.

Gostou desses lançamentos? Lembra de mais algum livro que precisa entrar nessas lista? Deixa um comentário!

 

Aventura Fantasia

Shadowhunters: Confira as diferenças entre a série e os livros

Shadowhunter: Netflix x Livros

Gente, depois de quase duas temporadas de Shadowhunters eu resolvi ler os livros da saga Os Instrumentos Mortais da Casandra Clare. Já li a série Peças Infernais e o primeiro livro da Os Artifícios Das Trevas, mas estava relutante em ler a série que virou filme e depois fenômeno na Netflix. Como amo livros que se passam no mesmo universo que outras histórias não tinha como não ler (se você também curte, leia esse post).

Estou na metade do segundo livro e notei umas coisinhas que são bem diferentes, dessa forma resolvi fazer uma comparação. Assim aquelas pessoas que como eu estão “despreparadas” para os livros não se assustem.

Adolescentes mandando em tudo

Então, no livro a Clary e a Isabelle tem apenas 15 anos e o Jace e o Alec não são muito mais velhos que isso. E é obvio que na série eles estão bem mais velhos. O Alec, por exemplo, é chefe do instituto de New York. Quem é que deixaria um pia de 16 ou 17 anos comandar um instituto cheio de caçadores das sobras?

Eles precisam obedecer, e nem isso eles fazem direito. Diferente da série, eles também não saem impunes de tudo que aprontam não…

Ah, isso nos leva a outro ponto: Na série o instituto vive cheio de gente, o que é bem diferente dos livros, onde só os Lightwood vivem. Nos livros, nem a Clary mora lá (pelo menos até onde eu li).

Série adulta

Não é o que você está pensando! Hahaha!

Parece que a Netflix tentou deixa a série um pouco mais adulta, e assim os adolescente não são mais tão adolescentes… Parece que o Alec tem seus 26 ou 28 anos. A Isabelle comanda altas missões e a Clary mesmo sem treinamento consegue matar todos os demônios. Gente, nos livros ela é uma pirralha que fica se metendo em encrenca e precisa dos outros para salvar ela o tempo todo.

A serie ficou muito bem feita, mas algumas coisas estão erradas! O que nos leva ao próximo item:

Ordem de acontecimentos

Netflix, por quê?? Sério, não mudem a essência das coisas!

A ordem cronológica das coisas não é a mesma do livro. Na trama do livro o Simon primeiro fica com a Clary, vai para a corte Seelie, e depois vira um vampiro. Já na série da Netflix, ele vira vampiro, fica com a Clary e depois vai fazer uma visita para as fadinhas… MUDOU TUDO!!

E a Jocelin, ela nem acordou ainda… Como foi que ela morreu?? Serio! Pode ser que eles estejam adiantando os fato, como eu acho que aconteceu com a espada da alma. Que já foi destruída na série e ainda nem foi revelada no livro. Mas isso me deixa confusa em acompanhar tudo junto!

Eu estou adorando os livros, e adoro a série! Os dois são divergentes em alguns pontos, mas não tem como não amar a adaptação que a Netflix fez. Como sempre eles estão de parabéns!

Sou o tipo de fã que não gosta quando mudam as coisas que acontecem no livro, mas a  netflix está perdiada!

Sinopse Netflix

A vida da jovem Clary Fray muda completamente quando ela descobre fazer parte de uma raça de humanos que caçam demônios e têm sangue de anjo (shadowhunters).

Snopse Skoob Cidade dos Ossos (Os Instrumentos Mortais #1)

Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato. Muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras.

Ela sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros dedicada a libertar a terra de demônios, os Shadowhunters . Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

Aventura Fantasia Jovem Adulto Romance

Confira o lançamento de Caraval, da Stephanie Garber

Lembre-se: É apenas um jogo

Caraval, da Stephanie Garber, era um livro que eu queria muito ler, tanto que quando chegou à livraria nem aguentei esperar pela versão e-book para comprar e ler. Mas acho que quanto maior as expectativas maios é a decepção.

A história foca em Scarlett, que embarca com a irmã para participar do Caraval, uma espécie de circo itinerante mágico. O problema é que quando elas chegam lá a irmã simplesmente desaparece e parece que ela virou o mistério a ser desvendando no jogo deste ano. Agora Scarlett precisa encontrar a irmã para conseguir voltar a tempo para o seu casamento arranjado.

Durante o jogo ela conta com a ajuda de um marinheiro misterioso e nenhum pouco amigável, mas será que pode mesmo confiar nele? No Caraval nada é o que parece e tudo pode ser distorcido pela sua mente. Será que ela pode confiar nos próprios sentidos para achar a sua irmã? Será que ela pode confiar nas pessoas que estão lhe oferecendo ajuda?

A história é envolvente e flui de uma forma super gostosa, mas sabe quando você esperava mais? Como eu disse antes, acho que a expectativa era muito grande… Mas quero ler o próximo livro para saber o que acontece com as irmãs.

Circo mágico

Sabe o que esse livro me lembrou? O Circo Mecânico e o Circo da Noite. Todos são circos mágicos! Desses três o que eu mais gostei do Circo da Noite que é incrível e deveria ter uma continuação!

Adoro a temática de circos mágicos!

Sinopse Skoob

Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.

Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.
O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Estilo de Vida Livros

Conheça alguns segredos do universo de Harry Potter

21 fatos sobre Harry Potter que você provavelmente não sabia

Se você também morre de amores por Harry Potter deve estar com uma nostalgia gigantesca, assim como eu. Semana passada foi o 20º aniversário do lançamento do primeiro livro e eu estava relutante em fazer uma postagem sobre isso, mas não resisti. Aqui estão alguns fatos que você provavelmente ainda não sabe sobre o universo do bruxo mais famoso do mundo.

Harry, Ronny e Hermione

Harry é a única pessoa que recebeu as três maldições imperdoáveis e sobreviveu

Harry, Rony e Hermione se tornaram figurinhas do sapo de Chocolate

O Patronum de Rony é o cachorro Jack Russel terrier, conhecido por caçar lontras, que coincidentemente (ou nem tanto) é o patronum de Hermione

  

Aquele-que-não-deve-ser-noemado

Voldemort não pode amar pois foi concebido sob o efeito de uma poção do amor

O bicho-papão de Voldemort é seu próprio cadáver

Quando Harry permitiu que Valdemort o matasse ele deixou de ser uma Horcrux. Sendo assim perdeu sua habilidade de ser ofidioglota

Weasley

Na ordem da fênix, quanto Molly Weasley tenta derrotar um bicho-papão, ele se transforma em cada um dos membros da sua família morto, incluídos os gêmeos. Mas eles aparecem juntos, porque nem mesmo em seus piores pesadelos ela conseguia imaginar Fred e George separados

Após a batalha, Jorge retornou para casa e quebrou todos os espelhos que encontrou. Ele não suportava se olhar e ver a imagem do irmão

Quando Hermione colocou o Chapeu Seletor ele murmurou algo do tipo “mais uma Weasley?”

Gina é a primeira menina na família Weasley em sete gerações

Gina Weasley se tornou jogadora profissional de quadribol e depois jornalista esportiva no Profeta Diário

 

Neville

O Neville pediu para que o chapéu seletor o selecionasse para a Lufa-Lufa. Ele achou que a reputação sobre a bravura da Grifinória era intimidante

O motivo de Snape odiar tanto Neville é porque o menino poderia ter sido “o escolhido”. Se esse fosse o caso Lilian teria sobrevivido

 

Outros

O primeiro livro de Harry Potter foi publicado em 1998, o mesmo ano em que a batalha de Hogwarts aconteceu. “I open at the close”

Minha cara quando entendi isso: =0

Quase todos os membros da família Black têm nomes de estrelas

Expecto Patronum significa “Eu desejo um guardião”, em Latim

Draco não era capaz de conjurar um patrono antes do nascimento de Scorpius

Dumbledore morreu aos 150 anos de idade, em ‘Harry Potter e o Enigma do Príncipe’

Os marotos morreram na ordem inversa que seus nomes são ditos no mapa

Existem 400 faltas nas regras do Quadribol

Se ‘trouxas’ chegassem em Hogwarts, tudo que veriam seria um castelo abandonado com uma placa proibindo a entrada. 

Lembra de mais curiosidades sobre esse universo que não estão listadas aqui? Deixa um comentário!

Para mais fotos de Harry Potter me segue no Instagram

Aventura Jovem Adulto Romance

Nova história de Carina Rissi tem a Irlanda como cenário

Muita magia e amor em novo livro da Carina Rissi

Eu começo essa resenha já dizendo que sou a pessoa mais suspeita para falar de um livro sobre a Irlanda. Como já morei lá, sou completamente apaixonada por tudo que seja irlandês! Ler esse livro da Carina Rissi foi totalmente nostálgico para mim. Eu queria pegar o primeiro vôo e ir direto para a Ilha Esmeralda tentar achar alguns leprechauns. Lembram que eu estava super ansiosa com essa estreia?

Eu morro de amores pela Carina Rissi desde que li Perdida, mas ler Quando a Noite Cai despertou vários tipos de emoções em mim. É aquele livro que você não quer largar, não da para parar de ler, mas também te faz não quer ler para a história nunca acabar.

Briana

Desde que ela fez 18 anos toda noite é transportada para a Irlanda medieval. No mundo de sonhos ela é uma princesa que esta fugindo de um casamento forçado e conhece o chefe de um clã, O cara é perfeito. Será que isso faz com que ela se apaixone pelo guerreiro medieval? Meio obvio, né?!

Massss, sonhos são só sonhos… Na vida real ela não tem nada de princesa e uma má sorte absurda parece seguir ela para todos os lados.

Depois de ser dispensada de mais um emprego e estar completamente desesperada ela tem a chance de tentar uma vaga em uma grande empresa. Só que a má sorte ataca novamente e ela quase destrói todo o escritório e é expulsa antes mesmo de fazer a entrevista.

Completamente desiludida ela sai do prédio e adivinhem… Ela é atropelada! E adivinha por quem?! Pelo irlandês dos sonhos dela. Literalmente! O irlandês que aparece todas as noites nos sonhos dela.

Ai a sorte da Briana começa a mudar.

A história da Briana e do Gael é a coisa mais fofa do mundo

Sabe aquele casal que é para ser?! São eles!

A Briana é muito azarada e isso faz com que ela não consiga ficar em um emprego por mais de uma semana. Já o Gael é a pessoa mais sortuda do mundo, cada passo que ele dá encontra uma jazida de pedras preciosas. Até eles se encontrarem.  Depois do encontro o azar dela é neutralizado pela sorte dele, ou foi o que eu passei boa parte do livro pensando.

Mas não! O buraco é mais fundo que isso! Hahahaha Parece que todo o azar dela era um caminho para fazer os dois se encontrarem!

Irlanda

O livro tem uma boa dose de mitologia céltica, guinness e fish and chips! Meu Deus, que saudade daquele país frio e nublado! Se você ainda não conhece a Irlanda pode ter certeza que vai se encantar pelo pouquinho que a Carina fala sobre o país.

O contraste entre a Irlanda medieval dos guerreiros e princesas e a Irlanda moderna e cheia de tradições é maravilhoso. A escritora consegue conectar os dois mundos de forma quase mágica. Quando estamos acompanhando a história de Ciara e Lorcan queremos saber mais sobre o fim dessa história de amor. Mas quando lemos sobre a Briana e o Gael não queremos que ela durma e sonhe com o guerreiro medieval.

Mas ai, em um passeio a Briana e descobre que a princesa, o castelo e o clã realmente existiram e quase tem um treco. Qual é a relação dos sonhos com a realidade? Por que o Gael é a cópia do Lorcan? O que a Briana tem em comum com a princesa Ciara?

Spoiler

Não quer spoiler? Pare de ler aqui e vai comprar o livro…

É a Carina Rissi! Lógico que tem fantasia!!! Eu pensava desde o começo que o Gael e o Lorcan era a mesma pessoa mas o detalhe da cor dos olhos me deixou bem confusa… Muito espertinha, me enganou!

Eu sabia que a velhinha que ficava empacando as explorações sabia de toda a história, mas ser a criadora da maldição de deixou surpresa. Ela precisou viver com a própria maldição por mais de 400 anos! Não sei se sinto pena dela ou se é bem feito…

Minha única pergunta é: Como o povo que convive com o cara a vida toda não nota que ele NÃO esta ficando mais velho? Oi, gente?! Tipo, dez anos depois e o homem com a mesma cara só pode indicar coisa errada!

Está procurando um livro bem amorzinho? Tenta ler esse. Aposto que você vai adorar! É quando acabo de ler esse tipo de livro a minha fé no amor imortal aumenta um tantinho!

Snopse do Skoob

Quando a noite cai

Quando a Noite Cai, Carina Rissi

Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos… e o coração.

Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar…

Page 2 of 16
1 2 3 4 16